Home / Blog & Notícias / «Explosão de luz» baseada nas visões da Irmã Lúcia é o clímax de exposição sobre aparições de Fátima

«Explosão de luz» baseada nas visões da Irmã Lúcia é o clímax de exposição sobre aparições de Fátima

igrejafamitaFátima, Santarém, 02 dez 2011 (Ecclesia) – Uma “explosão de luz” baseada nas descrições da Irmã Lúcia sobre a Santíssima Trindade aguarda os visitantes no último dos três núcleos da exposição sobre as aparições da Virgem Maria, que o Santuário inaugurou esta quinta-feira.

A mostra intitulada “No Trilho da Luz” converge para um espaço inspirado pela revelação da tríade Pai, Filho e Espírito Santo, segundo a visão manifestada à Irmã Lúcia dos Santos, uma das videntes da Cova da Iria, quando habitava um convento da cidade espanhola de Tuy.

O responsável pela Secção de Arte e Património do santuário recordou que o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, ao refletir sobre as intervenções marianas ocorridas entre maio e outubro de 1917, afirmou que a visão de Tuy constitui a sua “abóbada” e “chave luminosa”.

“Tentámos construir um cenário em que o visitante também possa ter o entendimento do que é a vida terrena e, depois, do face a face com Deus”, explicou aos jornalistas Marco Daniel Duarte, comissário de uma exposição “luminosa” que culmina numa “explosão de luz”, contribuindo para a compreensão do “desenvolvimento narrativo”.

O comissário salientou que a mostra, integrada no segundo ano de preparação para o centenário das aparições, acentua a centralidade de Jesus Cristo, de acordo com a mensagem de Fátima: “A luz não é a da Virgem mas a de Deus. Ela é o caminho para essa luz”.

A exposição é composta por uma custódia de Joana Delgado que alude à iconografia do anjo da paz e da eucaristia, e uma pintura executada no final da década de 40 do século XX por Adolf Baeyens, onde a Virgem de Fátima é tratada como medianeira junto do seu filho, Cristo.

O conjunto de peças artísticas, complementada por textos de apoio, é finalizado por uma escultura do século XV, que ao representar o ‘Trono da Graça’ retoma o tema da Santíssima Trindade ao ostentar a figura de Deus Pai, o filho crucificado e o Espírito Santo em forma de pomba.

O responsável salienta que as exposições do Santuário pretendem oferecer “uma parte informativa e uma parte emocional”, recorrendo à arquitetura, design, textos e peças de arte, para que o visitante possa fazer “uma experiência da Mensagem de Fátima” que não é nem “litúrgica nem mística, mas visual”.

A exposição, com entrada livre, está patente até 31 de outubro de 2012 na igreja da Santíssima Trindade (vestíbulo do ‘Convivium de Santo Agostinho’), podendo ser visitada todos os dias das 9h00 às 19h00.

De acordo com o testemunho, reconhecido pela Igreja Católica, das três crianças conhecidas como Pastorinhos de Fátima, ocorreram seis aparições da Virgem Maria na Cova da Iria e imediações, uma a cada mês, entre maio e outubro de 1917.

LS/RJM

Check Also

Autoridade vaticana: A teologia da libertação não faz falta para cuidar dos pobres

ROMA, 26 Ago. 13 / 01:30 pm (ACI/EWTN Noticias).- O secretário da Pontifícia Comissão para …