Home / Blog & Notícias / Vaticano: Pelo menos 300 mil peregrinos esperados para a beatificação de João Paulo II

Vaticano: Pelo menos 300 mil peregrinos esperados para a beatificação de João Paulo II

agd_vaticanoRoma, 29 Mar (Ecclesia) – Pelo menos 300 mil peregrinos são esperados em Roma, no próximo dia 1 de Maio, para marcarem presença na beatificação de João Paulo II (1920-2005), adiantaram hoje responsáveis pela área técnica e organizativa da cerimónia.

Num encontro com jornalistas, os padres Liberio Andreatta e Caesar Atuire, da Obra Romana de Peregrinações (ORP), avançaram que a capital italiana está preparada para acolher um número ainda maior de visitantes.

2500 voluntários e uma linha telefónica em várias línguas – 060606 – vão estar a postos para ajudar os peregrinos que se deslocarem ao Vaticano para a celebração, que vai ser presidida por Bento XVI.

Neste momento, decorrem obras nas zonas adjacentes à Praça de São Pedro, no Vaticano, e está a ser preparada uma área que permita aos jovens pernoitarem, fora do centro de Roma.

A ORP, organizadora oficial do evento, criou ainda o «JP2-pass», com custo de 18 euros, que vai permitir, durante três dias, o acesso aos transportes públicos urbanos dentro de Roma, até às duas da manhã, e aos comboios na linha Roma-Ostia.

A missa presidida pelo actual Papa, a 1 de Maio, está aberta gratuitamente a todos os que quiserem participar e consigam aceder à Praça de São Pedro, que vai estar acessível desde as cinco da manhã desse domingo.

No dia anterior, as igrejas do centro de Roma vão estar abertas durante toda a noite.

O Vaticano promove uma conferência de imprensa, no próximo dia 5 de Abril, para apresentar os preparativos e o programa da beatificação de João Paulo II, que passará assim a ser apresentado pela Igreja Católica à veneração dos crentes como modelo e intercessor junto de Deus.

Entretanto, um pouco por todo o mundo, multiplicam-se grupos de oração, novas publicações, páginas nas redes sociais e eventos culturais para assinalar este evento.

O antigo mestre das cerimónias litúrgicas do falecido Papa polaco, o arcebispo Piero Marini, considera que estes são sinais de estima por um homem que foi “amigo de toda a humanidade”.

“O meu desejo é que toda a Igreja, crentes, não crentes, todos considerem João Paulo II como um amigo, porque ele quis ser amigo de todos”, referiu à Rádio Vaticano.

Mais de 37 mil pessoas aderiram à página oficial na rede social Facebook para a beatificação de João Paulo II (www.facebook.com/vatican.johnpaul2).

Check Also

Autoridade vaticana: A teologia da libertação não faz falta para cuidar dos pobres

ROMA, 26 Ago. 13 / 01:30 pm (ACI/EWTN Noticias).- O secretário da Pontifícia Comissão para …