Home / Doutrina / Liturgia - Sacramentos / Uma pessoa pode se “auto batizar”?

Uma pessoa pode se “auto batizar”?

Uma pessoa pode se “auto batizar” se não encontrar ninguém autorizado para fazê-lo, ou até mesmo alguém disposto a o fazer? Se não, por que não?

Ninguém pode se “auto batizar”. O “auto batismo” é automaticamente invalido, e ninguém que foi inicialmente batizado dessa forma pode assim ser tido como válido.

Outra pessoa deve administrar o sacramento para simbolizar, de fato, que a pessoa não o pode fazê-lo por si só e assim, ela traz para ela as graças de Deus. A graça de Deus deve ser dada para uma pessoa; a pessoa não a pode tirar de Deus sozinha.

Entretanto, se uma pessoa se encontra em uma situação na qual não encontra ninguém para batiza-la, Deus não vai julgar que essa pessoa está contra Ele. Ele vai levar em conta o desejo da pessoa de ser batizada e dará a pessoa a graça que Ele achar necessária. É por isso que Deus nos ama e quer que cada um de nós tenha a sua graça, mesmo quando os meios habituais não puderem ser facultados.

Mas, Deus quer comunicar a sua graça propriamente simbolizada (pelo rito normal no qual ela é concedida), mas também a pode conceder mesmo se o simbolismo não for possível (quando o rito normal não for válido). O Concilio de Trento ensina que “justificação… não pode ser efetuada exceto pela pia da regeneração ou pelo o seu desejo (de ser regenerado). (Decreto sobre a Justificação 4).

 Fonte: HTTP://WWW.CATHOLIC.COM/QUICKQUESTIONS/SHOULDN%E2%80%99T-FATHER-BAPTIZE-MY-GRANDCHILD
Traduzido por Tiago Rodrigo da Silva – Apostolado Spiritus Paraclitus

Check Also

A confissão dos pecados

“Se na Igreja não existisse a remissão dos pecados, não existiria nenhuma esperança, nenhuma perspectiva …