Home / Moral Cristã / Família - Sociedade / Sociedade Anti-Cristã

Sociedade Anti-Cristã

anticristaoCaracterísticas da atual sociedade anti-cristã:

O Relativismo Moral

É a corrente de pensamento humanista que ensina a inexistência de normas, verdades e moral procedentes de um absolutismo, como por exemplo, a vontade de Deus. É uma das formas de se desprezar a Deus e a sua Palavra. Os que defendem o relativismo moral também concordam com o relativismo cultural, onde os valores da ética variam de acordo com as diferentes culturas.

O Relativismo moral afirma que moralidade não é baseada em qualquer padrão absoluto. Ao contrário, “verdades éticas” dependem da situação, cultura, sentimentos, etc. Relativismo moral está ficando cada vez mais popular nos dias de hoje. O relativismo moral deturpa a idéia que temos do que é certo ou errado e confere o direito a cada um decidir o “melhor” para si mesmo. Neste sentido um criminoso não é culpado contanto que não tenha violado seus próprios padrões, por isso é um conceito muito perigoso!

O argumento principal que os relativistas tentam usar é o da tolerância. Eles afirmam que dizer a alguém que sua moralidade é errada é intolerante, e relativismo tolera todas as posições. Mas isso é simplesmente um engano. Primeiro, o mal nunca deve ser tolerado. Devemos tolerar o ponto de vista de um estuprador de que mulheres são objetos de gratificação a serem usadas? Segundo, esse argumento se destrói porque relativistas não toleram intolerância ou absolutismo. Terceiro, relativismo não pode explicar porque qualquer pessoa deve ser tolerante em primeiro lugar. O fato que devemos tolerar pessoas (mesmo quando descordamos) é baseado na regra absoluta moral que devemos sempre tratar as pessoas justamente – mas isso é absolutismo de novo! Na verdade, sem princípios universais morais, a bondade não pode existir. E a sociedade actual está cada vez mais relativista…

Laicismo

É uma doutrina filosófica que defende e promove a separação do Estado das igrejas e comunidades religiosas, assim como a neutralidade do Estado em matéria religiosa.

Os valores primaciais do laicismo são a liberdade de consciência, a igualdade entre cidadãos em matéria religiosa, e a origem humana e democraticamente estabelecida das leis do Estado.

Com o surgimento do laicismo (O laicismo teve seu auge no fim do século XIX e no início do século XX) o homem expulsou Deus dos governos, é a primeira vez na história da humanidade que o homem tenta governar sem Deus (na monarquia acreditava-se que os Reis eram escolhidos por Deus). Esta visão politica está associada ao secularismo (separação entre religião e Estado, a partir da ideia de que os sacerdotes e as instituições religiosas não devem ter poder político nem influenciar nas leis).

Actualmente há um laicismo agressivo contra Deus actuante no mundo todo. Os sinais desse laicismo estão no facto dos governos quererem retirar cruzes e simbolos religiosos das repartições públicas, mudar o nome das ruas e escolas, são a favor da cultura da morte (aprova-se aborto e eutanasia), são a favor do casamento homossexual, etc…

Neopaganismo

É o termo que descreve um grupo de religiões contemporâneas bastante heterogêneo. Este uso tem sido comum desde o renascimento neopagão na década de 1970, e agora é usado por acadêmicos e adeptos tanto para identificar novos movimentos religiosos que enfatizam o panteísmo e a adoração da natureza, e/ou que procuram reviver ou reconstruir os aspectos históricos do politeísmo. São contra o cristianismo, porque acreditam que este foi o responsável pelo desaparecimento das religiões pagãs primitivas e medievais. A adoração à natureza é uma das idéias que estava presente nas entrelinhas do famoso filme “Avatar” (de James Cameron) e o neopaganismo é o príncipal elemento do filme “Harry Potter”.

Cristianofobia

É a aversão ou horror a Cristo, ao cristianismo em geral e a Igreja. Um exemplo claro de cristianofobia é o programa americano para computador o GodBlock (Bloqueie Deus), que bloqueia páginas da internet com propagandas ou conteúdo religioso. O site afirma que o filtro se destina aos pais e às escolas que desejam proteger as crianças da doutrinação da religião, qualquer que seja ela. “Quando instalado corretamente, o GodBlock analisa cada página acessada pelo seu filho, antes de carregá-la, e verifica se há textos sagrados, nomes ou figuras e símbolos religiosos.” Para os criadores a doutrinação religiosa “dificulta o avanço da ciência e corrompe a mente das crianças”. Esse é realmente um mundo que pretende expulsar Deus!


Há também um anticatolicismo actuante que se pode verificar principalmente na mídia do mundo todo, pelos constante ataques a Igreja Católica.

Vale ressaltar que ate hoje os cristãos são extremamente perseguidos, discriminados e cruelmente mortos, principalmente na África, Oriente Médio e Extremo Oriente (países como Argélia, Nigélia, Egito, Turquia, Palestina, Indonésia, Iraque, Paquistão, India, China e Coreia do Norte, tem políticas hostis contra os cristãos).

O facto é que em toda a história da humanidade os cristãos sempre foram perseguidos.

“Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: o escravo não é maior que o senhor. Se perseguiram a mim, também hão-de perseguir a vós” (Jo 15, 20).

“Bem-aventurados sereis quando vos insultarem e perseguirem e, por minha causa, disserem todo o tipo de calúnia contra vós. Alegrai-vos e exultai, porque grande será a vossa recompensa nos céus.” (Mt 5, 11-12).

Fonte: Zenit

Check Also

Mas por que ainda há alguma coisa e não o nada?

O que é claro não viu nenhum homem e nunca haverá um que o saiba …