Você esta aqui : Home » Doutrina » Bíblia – Tradição

Generosidade Humana e Generosidade Divina

SEQUIOSO (Niterói): «Como se deve entender a estranha afirmação de Jesus : 'A todo aquele que já possui, dar-se-á mais, e possuirá, em abundância; mas a quem não possui, será tirado até o que possui' (Mt 25,29)? Não haverá contradição nessa frase?» 1. A exegese do texto  1.1. Deve-se de início notar que o adágio referido ocorre mais de uma vez, e em contextos diversos, nos SS. Evangelhos. Parece assim ter c ...

Leia Mais

Como Distinguir os Livros Inspirados por Deus?

1. Diversos têm sido, nos últimos séculos, os critérios propostos para se resolver tal questão. Eis os mais invocados: a) a índole mesma do livro examinado, ou seja, a sublimidade de sua doutrina, o encanto singular de seu estilo, a sua aptidão a suscitar sentimentos piedosos; b) a experiência do respectivo leitor, o qual durante a leitura da Bíblia sentiria alegria e deleite, ou seria movido à compunção ou ...

Leia Mais

Lei de Moisés, Abolida ou Não?

 “Se se afirma que a Lei de Moisés foi ab-rogada por Cristo, porque ainda se insiste na observância dos mandamentos do Decálogo? Mesmo entre estes, que é feito das prescrições concernentes ao sábado e às imagens? Qual é afinal o critério para se distinguir o que foi ab-rogado e o que ainda tem valor de lei?”  1) Antes do mais, na solução das questões acima, será preciso lembrar que as disposições concernent ...

Leia Mais

O que é inspiração bíblica?

A Bíblia é a Palavra de Deus inspirada. Mas como se dá essa inspiração? Talvez imaginemos um ditado mecânico como a de um chefe à sua datilógrafa. Esta escreve coisas que não entende e que são entendidas apenas pelo chefe e sua equipe. Isso não é a inspiração bíblica. Pois, ela não dispensa certa compreensão do autor humano (o hagiógrafo), nem sua participação na redação do texto sagrado. A inspiração bíbli ...

Leia Mais

A Igreja Católica Alterou os Mandamentos?

"A Igreja Católica não terá alterado os mandamentos da Lei de Deus consignados em Êxodo 20, 1-17? Parece ter omitido o segundo e dividido o décimo".  Em vista de toda a clareza possível, coloquemo-nos ante os olhos o mencionado texto de Ex 20,1-17: 20, 1 “Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: 2 Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. 3 Não terás outros deuses ...

Leia Mais

Jerusalém: os mais antigos registros arqueológicos cristãos professam a fé na Ressurreição de Cristo

Um túmulo localizado em Jerusalém vem sendo estudado por cientistas há três décadas. Ele apresenta indícios que confirmam a fé na Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo professada já no primeiro século de nossa era, quiçá antes mesmo da redação dos Evangelhos. Os indícios remontariam a antes mesmo da destruição da cidade pelas legiões romanas e a dispersão dos judeus. Assim o afirmou o grupo de arqueólog ...

Leia Mais

Qual é a chave para interpretar a Sagrada Escritura?

Quando, numa pequena cidade da Judeia, nasceu um Menino e foi reclinado numa pobre manjedoura, chegou a um auge a manifestação de Deus aos homens. A Palavra Se fez carne e habitou entre nós. Firme era "o misterioso desígnio de sua vontade, que em sua benevolência formara desde sempre", o desígnio de "reunir em Cristo todas as coisas, as dos Céus e as da Terra" (cf. Ef 1, 9-10). Como foram os primórdios da r ...

Leia Mais

Nascimento de Cristo

Um albergue pobre, desmantelado e cheio de teias de aranha, foi o primeiro palácio de Jesus na terra; um presépio sujo, seu primeiro berço. Mais tarde, o mundo há de venerar a gruta onde acaba de ocorrer aquele nascimento prodigioso.  Como bom administrador, Augusto tinha a paixão das estatísticas. Suetônio diz-nos que, ao morrer, deixou escrito pelo próprio punho um breviário de todo o seu Império, quer di ...

Leia Mais

Inspiração e Canonicidade

1. Inspiração: que é? a) Quando se fala de inspiração bíblica, talvez aflore à mente a noção de ditado mecânico, semelhante ao que o chefe de escritório realiza junto à sua datilógrafa; esta possivelmente escreve coisas que não entende e que são claras apenas ao chefe e à sua equipe. Oral tal não é a inspiração bíblica. Ela não dispensa certa compreensão por parte do autor bíblico (= hagiógrafo) nem a sua p ...

Leia Mais

A Bíbila: o livro e os livros

Numa página célebre do Gênio do Cristianismo, Chateaubriand descreveu a desventura do leitor que pela primeira vez aborda a Bíblia. Mostra-o voltando as páginas e completamente perturbado ante essa sucessão de livros de aspectos tão diversos. Aqui e ali reconhecem-se de passagem alguns episódios, retidos da História Santa, Mas, a par disso, quantas páginas bizarras, incoerentes ou pura e simplesmente incomp ...

Leia Mais

A Bíblia e a História

Por Daniel-Rops A Bíblia, livro de história. Em que sentido esta fórmula é aceitável? E em que medida? – Essa é uma das questões que o renomado historiador Daniel-Rops pretende responder neste instigante artigo. Regresso às fontes - esta será, sem dúvida, a característica que mais surpreenderá os que estudarem a história do Cristianismo da primeira metade do século XX. A Igreja de Cristo, vendo-se atacada p ...

Leia Mais

Leitura fundamentalista, heresiarcas e a sagrada escritura

“Esta é a fé católica, e todo aquele que a não professar, com fidelidade e firmeza, não poderá salvar-se.” Santo Atanásio A Igreja Católica crê na Palavra de Deus escrita e falada. A Palavra escrita se chama Bíblia, a falada, não fixada entre os Livros do Novo Testamento, chama-se Tradição. Mas o Protestantismo admite como fonte de fé somente a Bíblia, o que é parcialmente incompleto e incoerente para uma p ...

Leia Mais

A sagrada tradição apostólica da Igreja

Um dos pilares sobre os quais se assenta a fé da Igreja Católica é a Sagrada Tradição Apostólica. Esta Tradição, chamada pela Igreja de Sagrada, é tudo aquilo que ela recebeu dos Apóstolos e que a eles foi confiado diretamente pelo próprio Jesus Cristo. Não se trata da tradição dos homens, mas somente daquilo que se refere à salvação das almas, e que nos foi deixado pelo Senhor. Sabemos que o Magistério da ...

Leia Mais

Quando desceu o Espírito Santo sobre os Apóstolos?

Um dia a humanidade deitou-se sem que houvesse cristianismo. E no dia seguinte, ao voltar a levantar-se, o cristianismo tinha aparecido sobre a terra. Quando teve lugar esse fenómeno? Quando nasceu a Igreja cristã? À procura de um aniversário Não foi durante a vida de Jesus; porque, quando Ele morreu, apenas deixou um grupo de homens amedrontados e escondidos, incapazes de contar a ninguém uma só palavra do ...

Leia Mais

Por que a Bíblia católica é diferente da protestante?

A bíblia protestante tem apenas 66 livros porque Lutero e, principalmente os seus seguidores, rejeitaram os livros de Tobias, Judite, Sabedoria, Baruc, Eclesiástico (ou Sirácida), 1 e 2 Macabeus, além de Ester 10,4-16; Daniel 3,24-20; 13-14.A razão disso vem de longe. No ano 100 da era cristã os rabinos judeus se reuniram no Sínodo de Jâmnia (ou Jabnes), no sul da Palestina, a fim de definirem a Bíblia Juda ...

Leia Mais

AS testemunhas de Jeová e a Bíblia

Em síntese: As Testemunhas de Jeová apregoam o próximo fim do mundo dominado pela Serpente ou por Satanás. Dando preponderância ao Antigo Testamento sobre o Novo, negam a Divindade de Cristo e o mistério da SS. Trindade, o que faz que já não possam ser considerados cristãos. A sua mensagem se prende à interpretação singular e arbitrária que fazem das Escrituras Sagradas; violentando o texto, apresentam uma ...

Leia Mais

O Depósito da Fé

As verdades que devemos crer, onde as encontramos de fato? Acham-se nas duas chamadas “fontes da Revelação”, a saber: a Escritura (Revelação escrita) e a Tradição (Revelação oral), consoante a doutrina definida pelo Concílio Tridentino: fontes de toda verdade salutar e da disciplina dos costumes, são os livros escritos e as tradições não escritas que, recebidas pelos Apóstolos dos próprios lábios de Cristo ...

Leia Mais

BÍBLIA CATÓLICA E A PROTESTANTE – Porque existem as divergências mesmo entre os cristãos

Os livros da Bíblia começaram a ser escritos esporadicamente desde os tempos anteriores a Moisés. Moisés foi o primeiro codificador das tradições orais e escritas de Israel. Desde o século XIII a.c. foram sendo acrescidos novos escritos sem que os judeus se preocupassem com a catalogação dos mesmos. Entretanto, no século I d.c. começaram a aparecer os livros cristãos que se apresentavam como a continuação d ...

Leia Mais

O purgatório nas sagradas escrituras

A Palavra de Deus nos ensina que somente aqueles que estão puros, ou seja justificados, podem herdar a vida eterna e consequentemente terem acesso à visão beatífica de Deus ( Sl 14 ; Hb 12, 22-23 ; Mt 5,8 ). Infelizmente, também é verdade, pouquíssimos cristãos partem desta vida totalmente reconciliados com Deus e com os irmãos. O Senhor vem então, em socorro de nossas fraquezas, com sua misericórdia, permi ...

Leia Mais

Igreja Proibiu a leitura da Bíblia ?

Ouve-se, por vezes, dizer que a Igreja Católica proibiu a leitura da Bíblia. A resposta há de ser deduzida de um percurso da história. Ora, está averiguado que, nos primeiros séculos, muito se recomendava a leitura do texto sagrado. Na Idade Média e em épocas posteriores (especialmente no século XVI) surgiram heresias que traduziam a Bíblia do latim para o vernáculo instilando no livro sagrado idéias contrá ...

Leia Mais

© 2011 Apostolado Spiritus Paraclitus

  • Twitter
  • Facebook
Voltar para o topo